R REPORTAGEM

MORTES DE MACHAVA E CHAMANGA CONSTERNAM TRIBO DO DESPORTO

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O desporto moçambicano voltou a ser abalado por duas mortes na mesma semana. Os colossos Costa do Sol e Ferroviário de Maputo perderam ex-atletas, cujos restos mortais já foram a enterrar. Trata-se de António Machava, ex-central do Costa do Sol e da selecção nacional de futebol, que nos últimos anos era chefe do departamento de património e segurança, e Alberto Jossane Chamanga, ex-meio fundista do Ferroviário e mais tarde treinador do clube.

Enquanto futebolista, o “stopper” Machava, que tanto podia jogar a central (sobretudo nesta posição), assim como no meio- -campo, teve o pináculo da sua carreira quando se tornou num dos eleitos para representar Moçambique no CAN do Egipto, em 1986, por sinal a primeira Copa Africana das Nações de que Moçambique fez parte.

Nesse longínquo ano, Machava fez parte de um grande naipe de jogadores talentosos que foram ao Egipto, sob batuta do carismático Belmiro Manaca, como Joaquim João, Filipe Chissequere, Nacir, Faruk, os irmão Geraldo, Elcídio e Chiquinho Conde, Santinho, Almeida, Ferreira, Chababe, Nico, Manuel Cossa, Calton, Jerónimo, entre outros que deram tarde de glórias aos moçambicanos.

Publicidade

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo