ATÉ PODEMOS SER RESILIENTES MAS NÃO SOMOS MASOQUISTAS!

Deanof Potompuanha
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

No último artigo publicado neste hebdomadário, “E no dia que houver cataclismo nos nossos recintos desportivos?”, chamava atenção sobre algumas medidas de segurança e bem como das vias para o acesso aos recintos desportivos, usando como referência o Estádio Nacional do Zimpeto (ENZ), o maior complexo desportivo do país.

Ao falar daquele espaço destacava a sua grande capacidade de congregar multidões (42 mil pessoas), sendo que internacionalmente há estádios que albergam mais almas que o nosso ENZ.

Por que não se obedecem alguns desses princípios nos nossos campos e estádios? Como serão evacuadas as pessoas no dia que houver algum desastre? Eram algumas das questões que levantava, sublinhando que não desejava que tal desastre acontecesse.

Leia mais...

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade