URGE DEMITIR DIRIGENTES, TAMBÉM

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Com 12 jogos ainda por disputar, o Moçambola-2021 já bateu o recorde de treinadores despedidos numa época. Neste momento a “batata de um treinador está a ser assada”. Bastará um pequeno deslize para “calçarem-lhe os patins” e darem-lhe um empurrãozinho para viajar ribanceira abaixo.

Volto a repisar que os treinadores continuam a pagar a factura da desordem estrutural instalada, por culpa da sociedade desportiva que não conseguiu suster a avalancha de descomprometidos com o desenvolvimento e as consequências apresentam-se catastróficas.

Causou-me estranheza, embora reconheça que há jovens a evoluir, que o Moçambola-2021 se desse ao luxo de iniciar deixando de fora treinadores de reconhecida qualidade, como Artur Semedo, Chiquinho Conde, João Chissano, Uzaras Mahomed, entre outros, com alegações que variam da ausência de empatia destes com os dirigentes, entre outras tantas, sem nexo.

Joca Estêvão
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Publicidade
DStv

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo