REINILDO: UM MOÇAMBiCANO NA CHAMPIONS

Ainda que tenha saído derrotado (1-2) e tido uma exibição que não encheu o olho, sobretudo por não ter sido totalmente feliz na abordagem ao lance que deu o segundo golo (marcado por Wiliam) do Chelsea, o facto está escrito e não se apaga, como acontece com a história: Reinildo Mandava tornou-se no segundo moçambicano a disputar um jogo na fase de grupos da Liga dos Campeões Europeus.
No Lille desde Janeiro, ido do Belenenses SAD, o moçambicano estreou-se quarta-feira em pleno Estádio Pierre Mauroy na máxima competição de clubes a nível europeu e pode-se “gabar” cá entre nós por ser apenas o segundo a fazê-lo na Liga dos Campeões desde que Moçambique abriu portas para ida ao Velho Continente.
O primeiro a fazê-lo havia sido o desaparecido Simão Mate Jr, que ao serviço do Panathinaikos da Grécia disputou cinco jogos da fase de grupos da Liga dos Campeões de 2010/11, tendo totalizado 474 minutos e feito 215 passes, sendo 174 certos, recuperado nestes encontros 31 bolas, perdido 25 e cometeu 10 faltas, sofrendo seis.Leia mais...
Por: AtAnásio ZAndAmelA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Getyimages

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade