PENALTY CONTESTADO PÕE BULLS NA LIDERANÇA

O jogo Black Bulls- -Desportivo da Matola era considerado de alerta vermelho em todos os seus sentidos, o que equivale dizer que todos os possíveis cuidados deviam ser acautelados de forma a evitar acusações gravíssimas entre os dois intervenientes em contenda.
No fundo o que se quer dizer é que para grandes jogos, grandes árbitros. Porque a equipa de arbitragem para esta partida não esteve à altura do jogo, sobretudo os homens das bandeirolas, que fecharam a vista em alguns dos lances capitais criados pelas das duas formações. Não que estivessem profundamente ligados ao resultado final, favorável para os donos da casa, os “touros”, mas que podiam fazer mais do que apresentaram sábado no campo do Afrin. Contestável se lhes for atribuída nota positiva. Mas vamos ao jogo! Entrou melhor o Black Bulls, que desde logo foi à procura de violar as malhas finais mas em contrapartida estava naturalmente o até então líder da prova da prova, o Desportivo da Matola, que mostrara o porquê de estar, volvidas sete jornadas, na liderança do campeonato. Fez valer essa tese até ao último quarto do jogo e mais alguns minutinhos, ou seja, aos 79 minutos, altura em que por distracção dos homens mais recuados da equipa de Caló decidiram abrir as comportas, ao permitir que Fidel, em todo bel- -prazer (muitíssimo bem isolado por Milque) fosse varrido pelo keeper Calisto, para a grande penalidade bem executada por Ejaita e que ditaria o resultado final de dois a um, a favor da Associação Black Bulls. Leia mais...
 
Por: GILBERTO GUIBUNDA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Foto: Luís Muianga

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade