FER. MAHOTAS E A POLITÉCNICA MAIS PRÓXIMAS DAS MEIAS-FINAIS

Com os garantidos apuramentos do Ferroviário de Maputo e Costa do Sol, pelos grupos “A” e “B”, respectivamente, as atenções hoje viram-se para os embates CD Municipal da Beira, pelo “A” e Ferroviário da Beira-Costa do Sol pelo “B”.
é que as equipas com as quais dividem a pontuação na tabela classificativa jogam com adversários mais fracos do grupo e já sem possibilidades de qualificação. Recorde-se que apenas os dois primeiros classificados de cada grupo qualificam-se para as meias-finais, onde disputarão o sistema cruzado. Ontem, no jogo mais importante do dia, A Politécnica entrou mais forte diante do Ferroviário da Beira, fazendo um parcial de 5-0. Os “locomotivas” da Beira reagiram, mas Manheira não gostava da apatia da sua equipa, pedindo desconto de tempo, numa altura que a sua equipa perdia por 8-3, ao meio do quarto. O jogo ficou mais equilibrado, com as “locomotivas” do Chiveve a apostarem em contra-ataques rápidos, chegando equilibrar o “score” até ao fim do quarto (13-13) No segundo quarto a equipa de Manheira passou pela primeira vez para frente no marcador (13-17), quando decidiu defender à zona. Hélio de Sousa viu a sua equipa indo abaixo, sem soluções nem com Carla Pinto na linha dos 6,75m. A primeira solução foi pedir um desconto de tempo. Leia mais...
 
Por: DEANOF POTOMPUANHA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade