A “autopsicografia” de Tico-Tico!

Por: Raimundo Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
FOTOS DE ARQUIVO
Não nos passou despercebido o momento de “desabafo”, se é que o sugere a partilha da fotografia feita pelo ex-capitão dos Mambas, Manuel Bucuane, ou simplesmente Tico-Tico, o eterno capitão, através da sua página oficial do facebook e do seu status (estado) no WhatsApp, em que nela figuram a sua imagem e a do actual capitão dos “Mambas”, Dominguez, sentados e com os semblantes pesarosos carregados de grande consternação! O poder que esta fotografia carrega consigo remete-nos a uma introspecção e reflexão, da qual pretendemos partilhar consigo, estimado leitor. – “Quando é o país a dor é maior…mais de 10 anos separam as duas fotos, a frustração é a mesma…”, lê-se no post publicado no dia 17 de Abril do ano em curso. Mais do que esclarecedoras as declarações do capitão, a imagem em si permite-nos fazer várias interpretações, até porque não nos devemos esquecer que “uma imagem vale mais que mil palavras”. Foi por essa razão que decidimos fazer uma imersão no mundo da semiótica para (des) construir a mensagem contida nela.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade