VOLEIBOL DOMINA GALA DO DESPORTO

Por: AtanÁsio Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Félix Matsinh
O voleibol foi a modalidade que esteve em destaque na sétima Gala do Desporto, com Arsénio Ngovu a ser distinguido como atleta do ano e Leocádia Manhiça como a mais popular, numa gala em que a grande “intrometida” foi a pugilista Rady Gramane, laureada como atleta do ano. E sem surpresas, Elisabeth Guambe ficou com o da categoria de adaptados. Este foi um reconhecimento sem mácula do trabalho desempenhado em 2018 pelo voleibol, ainda que se tenha aparentemente se esquecido de Osvaldo Machava, o principal obreiro deste desempenho. Para além da indicação do duo Leocádia e Arsénio foram de voleibol igualmente os prémio de equipa do ano (selecção nacional de voleibol sub-19 de masculinos), atleta revelação em femininos (Ana Paula Sinaportar), Diploma de Honra das federações (FMV), Diploma de Mérito (selecção de vólei de praia de Sub-19 constituída por Jorge Manjante e Arsénio Guvo, prémio carreira para o antigo presidente desta federação (Camilo Antão), numa noite verdadeiramente do voleibol.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade