ENTRE CARÊNCIA DE INFORMAÇÃO E A ENORME VONTADE DE APRENDER

Por: SALVADOR NHANTUMBO

O técnico brasileiro Flávio Marreti constatou, ao fim do curso de formação de monitores e treinadores de Nível I de ténis, que há muita carência de informação sobre a modalidade, mas em contrapartida grande vontade e interesse de aprender por parte dos praticantes e ex-praticantes.

Questionado sobre o nível de formação em Moçambique e o futuro do ténis nacional, tendo como base o grupo de treinadores que acabam de ser formados para o mini-ténis escolar e “play-and-stay” (ténis de Sub10), Flávio Marreti começou por salientar que os participantes no curso demonstraram uma grande evolução, desde a informação teórica à prática, e tiveram aulas com um conteúdo e qualidade maiores.

Outro aspecto positivo é a melhoria na comunicação e organização de aulas e na relação entre o grupo, do qual constam atletas no activo e ex-praticantes.

Leia mais...

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade