Queremos uma liga sustentável e apetecível!

Por: Raimundo Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Foto de Arquivo
Depois de ter sido assinado recentemente um memorando de entendimento entre a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPF) e a Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), que visa a criação de uma Liga de Clubes de Futebol nos países membros, Salimo Abdula, presidente da CE-CPLP e um dos mentores da iniciativa, explicou ao desafio as ideias que o levaram a avançar com este ambicioso projecto, que nasceu de uma visão político-empresarial. Salimo Abdula, empresário moçambicano de renome, que conta com 26 anos de experiência no ramo empresarial em diversas áreas e sectores de actividade no país, afirma que este memorando visa oficializar as relações formais e regulares entre a CE-CPLP e a Liga Portuguesa, com a partilha de conhecimentos técnicos que potenciarão um futebol mais competitivo e profissional nos países que integram a CPLP. O nosso entrevistado considera que a Liga Portuguesa no espaço CPLP poderá de forma viável transferir conhecimento e ajudar a viabilizar as ligas dos países a ganhar projecção internacional, tornando as suas ligas sustentáveis, competitivas e apetecíveis a outros mercados em termos de produtos. Pedro Proença, presidente da Liga Portuguesa (LP), e Salimo Abdula, os assinantes deste protocolo, trabalham conjuntamente para que este sonho se torne uma realidade.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade