Tenho de saber se o Mahafil é concorrente do Desportivo

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

– O Uzaras, que já treinou e foi campeão pelo Desportivo, deu aviso dizendo que, antes do Desportivo, o Mahafil, Académica e outros estão na fila para entrar no Moçambola e que a sua equipa deve ficar na linha de espera. Como encarar isso?

– Em primeiro lugar tenho de saber se o Mahafil é concorrente do Desportivo. Depois é preciso também saber se esse treinador vai continuar no Mahafil. Muitos dos treinadores que andam por aí andam à esmola onde trabalham. Veja agora quantos treinadores moçambicanos temos no Moçambola! Por onde têm andado esses treinadores que num passado recente se achavam grandes treinadores? Estes treinadores sempre gravitaram em redor de determinados indivíduos, eventualmente dirigentes ou parceiros de outra natureza. Foram instrumentalizados ao longo destes anos, numa forma clara de indignificação da profissão, adulterando resultados, favorecendo resultados aqui e ali, cobrando comissões quando se contratavam determinados atletas para as suas equipas. Hoje, de instrumentalizados estão votados ao ostracismo, alguns. Outros continuam ligados aos seus parceiros, mas com funções menores. Agora, querem que eu me preocupe com esse tipo de treinadores? Não acredito que nos próximos tempos esses treinadores venham a ter muito espaço pois, ultimamente, os directores supostamente querem mais profissionalismo, mais dignificação da profissão, menos recursos mentirosos. Lamento ter frustrado algumas intenções para que alguns treinadores pudessem ter espaço para serem contratados pelo Desportivo.

 

Vamos lutar contra muitas forças

- Adelino Xerindza, vice-presidente do Desportivo

 

Na apresentação do grupo de trabalho dos “alvi-negros” para a temporada de 2013, o vice-presidente, Adelino Xerindza, fez questão de lembrar a história do ano passado, referindo que dela se devem tirar as ilações para enfrentar o futuro e, mais do que isso, falou da necessidade de enfrentar a divisão secundária com a mesma garra, determinação, que tiveram outrora, mas sem deixar de parte a humildade.

– Vamos lutar contra muitas forças. Cada um deve saber que iremos enfrentar uma luta renhida. Teremos de saber lutar contra as arbitragens, adversários de campo e outros de outra natureza. Temos de ser fortes para conseguirmos os nossos objectivos, que este ano passam por estar em primeiro na Poule de Apuramento e ganhar a Taça de Moçambique. Para que isso se concretize, cada um deve fazer a sua parte, da melhor maneira possível, disse Adelino Xerindza.

 

DESPORTIVO BEM REFORÇADO

 

Marcelino, Fredy

e Aníbal regressam

O guarda-redes Marcelino, que chegou a envergar a camisola da selecção nacional, está de volta ao Desportivo, onde foi campeão, e espera relançar a sua carreira, depois de, no ano passado, ter representado o Incomáti de Xinavane, que foi despromovido e vai jogar no campeonato da província de Maputo.

Juntamente com Marcelino regressam à colectividade “alvi-negra” o defesa Fredy e o avançado Aníbal, que nos últimos anos esteve vinculado ao Maxaquene e Chibuto, sem conseguir grandes êxitos.

Vindos do Chingale de Tete, o avançado Joca Pequenino, o meio-campista Manecas e Alone juntam-se a Chana, o experiente avançado que já vestiu a camisola de vários clubes nacionais. Também há um negeriano de nome Fredy Kalu na equipa de Semedo.

Os jogadores que transitam da época passada são: José (guarda-redes), Sadique, Jorge, Áurio (defesas), Maninho, Geraldo, Yanick, Lanito, Dércio, Syabonga (médios), Jojó, Rachide e Orlando (avançados).

Os regressados ao clube como, por exemplo, Bush, que esteve no Desportivo de Nacala, entre outros jogadores que ascendem dos juniores, vão tentar a sua sorte na equipa de Artur Semedo.

Publicidade
SN-GRÁFICA

Moçambola 2019

Pos Equipe J V E D GC GM Pts DP
1. C. do Sol 30 20 6 4 25 56 64 +31
2. UD Songo 30 19 3 8 29 47 59 +18
3. Fer. Maputo 30 13 9 8 22 34 43 +12
4. Fer. Beira 30 12 9 9 25 34 43 +9
5. Fer. Nacala 30 12 5 13 31 28 40 -3
6. ENH 30 10 11 9 30 29 37 -1
7. LD Maputo 30 11 7 12 36 30 37 -6
8. Textafrica 30 11 7 12 30 22 37 -8
9. Des. Maputo 30 10 10 10 29 35 36 +6
10. Incomáti 30 10 10 10 31 29 36 -2
LD Maputo 5 : 4 Des. Maputo
Têx. Púnguè 1 : 1 Nacala
B. de Pemba 1 : 2 ENH
Chibuto 1 : 0 UD Songo
Fer. Nacala 1 : 0 Fer. Beira
Fer. Nampula 2 : 1 C. do Sol
Maxaquene 1 : 0 Fer. Maputo
Textafrica 1 : 1 Incomáti

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Script:
Topo
Baixo