CELSO ALVAÇÃO “ROUBA” E ATRASA O DESPORTIVO

O Desportivo da capital empatou frente ao homónimo de Nacala sem golos e atrasou na pretensão na luta pela manutenção. A equipa de Artur Semedo, que não esteve no banco devido a uma suspensão imposta pela Liga Moçambicana de Futebol (LMF), soma 29 pontos, os mesmos que o Ferroviário de Nacala, que está em vantagem no confronto directo com os locomotivas, tendo vencido as duas partidas dis-putada entre ambos. No jogo realizado no início da jornada (sexta-feira) o árbitro internacional Celso Alvação e os seus pares negaram uma vitória aos “donos da casa”, ao não assinalar um golo na segunda parte, alegadamente por a bola não ter ultrapassado a linha final da baliza de Jonas, quando na verdade Mundinho tirou a bola já dentro da baliza. Ainda houve um fora-de-jogo mal assinalado que resultou em golo, invalidado e também uma situação de perigo para os visitantes interrompida pelo árbitro em benefício do infractor.
No final da partida desconhecidos furaram os quatro pneus da viatura do árbitro, não se sabendo ao certo se teriam sido ou não os adeptos alvi-negros. O juiz já disse que retira a culpa aos adeptos da equipa da casa.Leia mais...
Por: Joca Estêvão
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Foto de Arquivo

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade