A CONSAGRAÇÃO DE UMA LOCOMOTIVA RESILIENTE

Por: Deanof Potompuanha
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos da FIBA

É caso para dizer: não há sofrimento que dure para sempre! O Ferroviário de Maputo conquistou, na noite de ontem, o seu primeiro título africano em basquetebol sénior feminino. A 24.ª edição da Taça de Clubes Campeões de África deu à equipa locomotiva a possibilidade de celebrar, pela primeira vez, o troféu mais cobiçado a nível de clubes africanos, depois de ter perdido as finas de 2006, 2016 e 2017, sendo que há dois anos perdeu contra o mesmo adversário, justamente no Pavilhão do Maxaquene.

A chamada catedral do basquetebol esteve com uma assistência acima da média e muitos não tiveram acesso devido ao esgotamento do pavilhão. A equipa de Leonel “Mabê” Manhique venceu o primeiro quarto por 16-11, mas caiu no segundo (22-14). No terceiro período voltou a vencer (11- 17). Já nos últimos 10 minutos empatou (12-12), acabando por vencer o jogo por três pontos por três pontos (59-56) e consequente conquista da prova.

Leia mais...

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade