TARDE MILAGROSA DE MILAGRE

Nulo no marcador foi o resultado verificado na tarde do sábado no campo do Ferroviário da Beira em partida a contar para a 16° jornada do Moçambola, com o guarda-redes da equipa do Incomáti Milagre a defender todos lances claros de golos criada pela turma da casa. Numa partida em que os “locomotivas do chiveve” só podem se queixar de si próprios porque dominaram o jogo mas os pontas de lances não tiveram pontaria suficiente para marcar um golo mesmo com “penalty” assinalado pelo arbitro Eduardo Chissano aos 52 minutos Maninho chamado a cobrar não conseguiu enganar o herói da partida Milagre.
Como lhe competia, o Ferroviário assumiu logo as “despesas” da contenda enquanto o Incomáti se mantinha na expectativa optando pelo jogo directo, algumas vezes lançado pelo próprio guarda-redes Milagre. Mas os “locomotivas” tinham mais bola jogável no meio campo contrário tanto que, logo no início do jogo Babo dentro da área recebe a bola através de um passe de Dayo remata forte para primeira defesa do guarda-redes contrário.
Minutos depois foi a vez de Maninho cabecear como manda as regras de cima para baixo mas a bola ganhou altura e passou por cima do travessão.Leia mais...
Por: Nicolão Chichone

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade