Agua azul de Pemba insuficiente para baixar a pressão hidrocarbonética

A equipa de Baía de Pemba, sob batuta de João Chissano, averbou mais uma derrota, desta vez no campo de Alto Makhassa, em Vilankulo, frente ao ENH FC, por uma bola sem resposta. O desfecho desta partida mantém o representante da província nortenha de Cabo Delgado na cauda da tabela classificativa do Moçambola na sua versão 2019.
Não obstante ter dificultado - e de que maneira! - a vitória dos hidrocarbonéticos, os pupilos de João Chissano não baixaram os braços, antes pelo contrário fizeram de tudo para no mínimo roubarem um pontinho aos donos da casa. Aliás, a resistência que o Pembinha apresentou ontem em Vilankulo justifica mais uma vez a sua vitória na jornada anterior contra os locomotivas da capital do país, que sucumbiram na terceira baía mais bela do mundo por uma bola sem resposta.
Agora já ao estilo João Chissano, o Baía de Pemba forçou um nulo até aos 70 minutos da contenda, altura em que Parkim, numa jogada de insistência, desfez o nulo que teimava em não se desmanchar, não obstante toneladas de oportunidades criadas pela equipa da casa.Leia mais...
Por: Mahomed Galibo

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade