Quando o “feitiço” de Omar conta...

O Clube do Chibuto conseguiu mais um triunfo, consecutivo, na era de Abdul Omar, resultado construído a partir do golo obtido no primeiro tempo (como sempre), mas consolidado ao apagar das luzes, quando tudo indicava que a turma do canavial chegasse ao empate, tendo, supostamente, valido o “feitiço”de Abdul Omar, que garante ter “fechado” o campo do Chibuto.
Aparentemente ainda não jogando à imagem do seu treinador, o Clube do Chibuto não entrou com galões de dono e senhor do jogo, mesmo estando na condição de anfitrião, atitude que deu espaço para um jogo aberto, com um Incomáti apostado em fazer jus à sua boa conduta, registada nas primeiras jornadas deste Moçambola, até ao desaire da falta de comparência.
 
Por: CÉSAR LANGA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Foto de Hilário Sitoe

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade