A ARQUIVO

Greve e desespero no Maxaquene

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Por: SÉRGIO MACUÁCUA

Greve da massa laboral e um sentimento de desespero, de abandono por parte da Direcção. Este é, em suma, o cenário que se vive no Clube dos Desportos da Maxaquene, onde há sensivelmente 15 dias os trabalhadores desencadearam uma greve como forma de pressionar o patronato a saldar seis meses de salários em atraso, três do ano passado e outros tantos de 2018 ainda em curso.

O clube, um dos mais históricos do país, viveu dias de agitação durante uma semana, com os trabalhadores a trancarem as portas do clube, paralisando as suas actividades e proibindo a entrada de utentes das instalações e restaurante que funcionam no pátio daquela colectividade como forma de fazer valer os seus direitos.

A massa laboral mostra-se farta das falsas promessas das direcções do clube. Primeiro foi com o elenco encabeçado por Ernesto Júnior, mais tarde com a Comissão de Gestão (Abril-Julho) dirigida por Hermenegildo Mavale, sendo que actualmente o dossier está nas mãos de Arlindo Mapande, que preside o clube há sensivelmente cinco meses.

Leia mais...

Publicidade
DStv
Publicidade
SN-GRÁFICA

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Script:
Topo
Baixo