R REPORTAGEM

COM MAIS JUDOCAS TERÍAMOS MUITO MAIS

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Para Bruno Luzia, seleccionador nacional, a avaliação da estreia do judo nos Jogos é francamente positiva, tendo em conta que só com dois atletas conseguiu três medalhas.

- À partida, nós, por sabermos que era a estreia preparámo-nos acreditando nas medalhas e entrámos sem receios. Acredito que se tivéssemos uma delegação maior que esta teríamos

 conseguido pelo menos uma medalha de ouro. Nalgumas categorias de peso notámos que haviam atletas sem o nosso nível, mas infelizmente não estivemos nestas categorias.

Para daqui a dois anos Bruno Luzia diz que se deve continuar a trabalhar e participar-se nos torneios internacionais para que os resultados sejam ainda melhores.

- Vai ser importante para nós continuarmos a participar em competições nacionais e internacionais. Moçambique está num bom nível e geralmente participamos nestas competições e alcançamos os primeiros três lugares. Aliás, mesmo aqui, com somente dois atletas, ficámos em quarto posto da classificação geral, o que é francamente positivo. Com mais teríamos conseguido mais.

O técnico afirma que estes resultados mostram que se deve apostar muito mais em atletas das modalidades individuais porque nesta acumulam-se medalhas, daí que se levarmos sempre maior número de atletas individuais vai ser fácil ter resultados, remarcou, a finalizar.

 

Ana Maria, coordenadora do atletismo convencional, não se mostrando completamente satisfeita, considerou que os atletas que à partida garantiam uma medalha estiveram com sortes diferentes.

- Tivemos uma medalha de ouro através de Sílvia Panguana, o que já é positivo, mas infelizmente o outro atleta com o qual contávamos - Alberto Mambo - no dia da final acordou com problemas de saúde, tendo corrido condicionado. Como resultado disso, o máximo que conseguiu foi o quarto lugar. Mas também há que dizer que tivemos bronze nos 4x400 estafetas, disse a dirigente na hora de balanço.

Publicidade
Subscreve se no Jornal Digital

Moçambola 2019

Pos Equipe J V E D GC GM Pts DP
1. C. do Sol 30 20 6 4 25 56 64 +31
2. UD Songo 30 19 3 8 29 47 59 +18
3. Fer. Maputo 30 13 9 8 22 34 43 +12
4. Fer. Beira 30 12 9 9 25 34 43 +9
5. Fer. Nacala 30 12 5 13 31 28 40 -3
6. ENH 30 10 11 9 30 29 37 -1
7. LD Maputo 30 11 7 12 36 30 37 -6
8. Textafrica 30 11 7 12 30 22 37 -8
9. Des. Maputo 30 10 10 10 29 35 36 +6
10. Incomáti 30 10 10 10 31 29 36 -2
LD Maputo 5 : 4 Des. Maputo
Têx. Púnguè 1 : 1 Nacala
B. de Pemba 1 : 2 ENH
Chibuto 1 : 0 UD Songo
Fer. Nacala 1 : 0 Fer. Beira
Fer. Nampula 2 : 1 C. do Sol
Maxaquene 1 : 0 Fer. Maputo
Textafrica 1 : 1 Incomáti

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo