R REPORTAGEM

António Grispos foi infeliz

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Na sequência de duras críticas que Uzaras Mahomed teceu contra a Direcção do Desportivo de Maputo, por ter renovado o vínculo com Artur Semedo, após ter descido de Divisão, António Grispos, vice-presidente do clube, acusou o actual treinador do Mahafil de problemas com álcool. Inconformado e procurando defender a sua imagem e seu bom nome, Uzaras

 diz ter havido infelicidade da parte do dirigente “alvi-negro”. 

Tudo começa com a entrevista que Uzaras Mahomed dá ao semanário domingo, na sua edição de 16 de Dezembro, exigindo a imediata demissão do executivo de Michel Grispos e seu treinador, por não terem, conseguido levar o projecto a bom porto, tal como eles mesmos demitiram treinadores que não conseguiram bons resultados, mesmo não tendo descido de divisão.

António Grispos, reagindo a este posicionamento em entrevista a este semanário, disse que o problema do ex-treinador do Desportivo de Maputo, agora ao serviço do Mahafil era o álcool sentindo a sua imagem e sua reputação beliscadas, o treinador, através do mesmo semanário, diz que António Grispos, tentou denegrir a sua imagem, não achando correcto, nem justo que ele venha a público fazer tais pronunciamentos.

– Para mim, é uma grande aberração. É verdade que eu consumo bebidas alcoólicas, mas tão normalmente como consome um outro cidadão normal, que bebe um copo, ou uma cerveja. Entretanto, em nenhum momento, no exercício da minha profissão, fui a algum treino, ou a algum jogo sob efeito de álcool. Eu me julgo um grande profissional, que até me admira bastante ele se referir a mim desta maneira, porque em, várias ocasiões, fui elogiado pela direcção do Desportivo, na pessoa de irmão dele, Michel Grispos, presidente, por eu ter esse grau de profissionalismo bastante elevado. Penso que António Grispos foi infeliz ao dizer isso, mas é bom também que se diga que quando nós brincamos com as crianças acabamos nos molhando. Foi o que aconteceu. Com todo o respeito que eu tinha com este rapaz, António Grispos, devo dizer que todo o tempo que com ele convivi e conseguimos coisas bonitas com esta direcção, que foi a conquista do Campeonato Nacional, da Taça de Moçambique, da Supertaça e da Taça Maputo, nunca veio a terreiro falar sobre hipotéticos problemas de álcool. Fui sempre a pessoa elogiada, especialmente também por ele, António Grispos. Sinceramente, não sei se ele está a ignorar o que foi feito no Desportivo, ou se ele sofre de amnésia, mas se for esta doença de esquecimento, acho que se devia tratar.

Uzaras diz que na entrevista que deu ao domingo, sugeria que a direcção do Desportivo, por ter demitido vários treinadores num espaço de cinco/seis anos, mas que nunca levaram a equipa descer de Divisão, desta vez, devia ser o executivo a ser demitido, porque não só desceu a equipa de Divisão, como ainda renovou o contrato com o mesmo treinador que fez com que a equipa fosse despromovida.

– Pelo contrário, é um caso para constar do livro de recordes, Guinness Book. Como é possível a Direcção do Desportivo contratar um treinador que faz a equipa descer de Divisão e ainda renova com ele, quando, no passado, mais de cinco treinadores foram despedidos, mesmo sem terem chegado à despromoção. Portanto, deve ter sido o facto de eu ter criticado este procedimento que acabei merecendo aquelas palavras por parte de António Grispos. Entretanto, reitero que esta direcção e o seu treinador deviam se demitir por não terem conseguido manter o Desportivo no Moçambola.

O nosso interlocutor diz não saber se terá ou não ofendido a moral da direcção do clube, mas que a verdade é que não é pela primeira vez que este tipo de pronunciamentos vem a público.

– O próprio Artur Semedo, quando tivemos um confronto directo, ele acabou dizendo que o meu problema era álcool. Na altura, eu respondi-lhe na medida que ele merecia, mas não esperava que António Grispos alinhasse pelo mesmo diapasão. O álcool que eu consumo não é diferente do que consome um outro cidadão qualquer. Agora, se ma acusassem do consumo de uma outra substância proibida, talvez isso me afectasse. É por isso que venho a este Jornal defender a minha imagem e o meu bom nome, que fiz durante os meus 28 anos de carreira como treinador. Se António Grispos não sabe, eu fui elogiado por ter mantido o Ferroviário de Nampula, que na altura vinha do título, no Moçambola. Fui elogiado por ter mantido o Textáfrica do Chimoio, quando por lá passei, para além de muitos outros aplausos de que fui merecedor. Por isso, não vejo nenhum motivo para ser acusado de álcool. Se eu fosse um consumidor de álcool de forma incomum, não teria conquistado o que conquistei no futebol. Nos últimos dois anos tenho sido vice campeão, lutando mesmo pelo título a nível da Cidade de Maputo. Será que é o álcool que me dá todo este poder e toda esta competência? António Grispos foi infeliz. Como disse no início, é o problema de brincar com crianças. Acabamos ficando molhados. Quando sai do Desportivo, em 2007, alegaram maus resultados e não o álcool. Em 2010, quando treinei o Desportivo, havia graves problemas financeiros e a minha missão era não deixar a equipa descer de Divisão. Consegui isso e acabámos o campeonato em 6º lugar, a melhor classificação do Desportivo nos últimos tempos e fui elogiado. Problema de álcool é uma falsa questão, diz o treinador.

 

PELO DESCONHECIMENTO DA HISTÓRIA DO CLUBE

Até demitiram Stélio Craveirinha!

Uzaras Mahomed diz, ao longo da sua explanação que é uma pena que António Grispos e seus pares não conheçam o passado do clube e cometam tamanhas atrocidades que levaram o Desportivo à descida de Divisão.

– É esta mesma direcção que acabou afastando o nosso emblemático e carismático treinador do atletismo, Stélio Craveirinha, com 40 anos de carreira, formador de Lurdes Mutola e de Tina da Glória, as nossas melhores referências do atletismo de todos os tempos. Afastaram este homem, sem mais, nem menos. Foi por eu ter dito isto e outras coisas que aparece a tentar denegrir a minha imagem, para distrair as pessoas e deixarem de se concentrar naquilo que eu havia dito. Aproveito a ocasião para alertar a família Desportivo, aconselhando-a que fique atenta, porque não sei de onde vieram estas crianças (chamo-lhes assim), onde querem chegar e quais são os seus reais objectivos! Quem sabe se não programaram esta descida de Divisão!? Há muitos negócios que estão a ser feitos neste clube! Que sabe se não interesses obscuros!? Se calhar querem que o Desportivo desça, não haja grandes investimentos na equipa de futebol e assim conseguirem tirar dividendos. Portanto, para o Desportivo dar a volta o mais rápido possível, a direcção tem que se demitir. Este é o primeiro grande passo! O treinador que levou o Desportivo para a descida de Divisão, que acompanhe esta direcção, porque o projecto fracassou. Que dêem o exemplo de cultura desportiva e se demitam!

Publicidade
Subscreve se no Jornal Digital

Moçambola 2019

Pos Equipe J V E D GC GM Pts DP
1. C. do Sol 30 20 6 4 25 56 64 +31
2. UD Songo 30 19 3 8 29 47 59 +18
3. Fer. Maputo 30 13 9 8 22 34 43 +12
4. Fer. Beira 30 12 9 9 25 34 43 +9
5. Fer. Nacala 30 12 5 13 31 28 40 -3
6. ENH 30 10 11 9 30 29 37 -1
7. LD Maputo 30 11 7 12 36 30 37 -6
8. Textafrica 30 11 7 12 30 22 37 -8
9. Des. Maputo 30 10 10 10 29 35 36 +6
10. Incomáti 30 10 10 10 31 29 36 -2
LD Maputo 5 : 4 Des. Maputo
Têx. Púnguè 1 : 1 Nacala
B. de Pemba 1 : 2 ENH
Chibuto 1 : 0 UD Songo
Fer. Nacala 1 : 0 Fer. Beira
Fer. Nampula 2 : 1 C. do Sol
Maxaquene 1 : 0 Fer. Maputo
Textafrica 1 : 1 Incomáti

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Script:
Topo
Baixo