Clubes de custo zero negam Afrotaças

Atanásio Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Ricardo Timbe já havia feito a arte final porque a opinião foi concluída na quarta-feira, contudo, a saída, sexta- -feira, do comunicado da Federação Moçambicana de Futebol (FMF) que encerra o dossier zona Norte e coloca o Baía de Pemba no Moçambola-2019, que era móbil do meu artigo, fez com que tivesse que pensar noutro assunto e mandar o texto já feito para o lixo, pois, não se podia publicar algo extemporâneo: ócio de ofícios e bola para frente.

Ricardo Timbe já havia feito a arte final porque a opinião foi concluída na quarta-feira, contudo, a saída, sexta- -feira, do comunicado da Federação Moçambicana de Futebol (FMF) que encerra o dossier zona Norte e coloca o Baía de Pemba no Moçambola-2019, que era móbil do meu artigo, fez com que tivesse que pensar noutro assunto e mandar o texto já feito para o lixo, pois, não se podia publicar algo extemporâneo: ócio de ofícios e bola para frente.

Lembrei-me que com o Moçambola a custo zero pretendia-se que os clubes se organizassem melhor e acima de tudo melhorassem suas infra-estruturas… até parece que os mentores anunciavam que um dia chegaria o licenciamento com as suas exigências.

Leia mais...