BIGODE MARROQUINO

Marrocos, com uma população estimada em mais de 35 milhões de habitantes, é um país regido por uma monarquia constitucional, democrática e social. O reino é dirigido por Mahomed VI, sétimo monarca mais rico do mundo, como foi considerado em 2009. A sua moeda, o dirham, tem grande peso em relação ao euro e ao dólar. Rabat é a capital de Marrocos, que tem Casablanca como a terceira maior cidade turística do país; capital de negócios, por ser a sua capital económica.

Rabat e Casablanca são as cidades mais pronunciadas pelos estrangeiros. Aliás confundem-se com todo o resto do país. Falar dessas cidades é, para muitos, falar de Marrocos, mesmo sem esquecer de outras cidades e regiões não menos importantes.

A sua evolução e a proximidade com a Europa (faz fronteira com a Espanha) remete-os, em algum momento, ao complexo de repulsa à África, reclamando espaço europeu. Essa posição marroquina pode fazer de Marrocos um país com pouco peso para nos restantes africanos, designadamente quando se trata de decisões em seu benefício, não encontrando apoios de outros membros do Continente Negro.

Leia mais...