Incisivos na luta pelos seus direitos

Rogério Marianni, que foi indicado para fazer parte da constituição desta união, estará em Maputo nos próximos dias, onde juntamente coma a direcção da AMTF irá fazer um relatório detalhado a ser apresentado à ministra da Juventude e Desporto, Ana Flávia Azinheira, com o fito de mostrar aquilo que os estatutos preconizam e de lá receber alguns subsídios se necessários. Naturalmente que daremos também um informe à nossa federação, teremos que ser muito mais incisivos na luta pelos nossos direitos para que fique regulamentado no Regulamento Disciplinar. Já tivemos encontros com a direcção cessante da FMF e o facto é que todas as nossas reivindicações não foram colocadas em prática. Infelizmente não existe em Moçambique especificamente nenhum jurista da área desportiva e isso limita a defesa dos direitos dos treinadores. Tudo aqui é analisado com base na lei generalista, a Lei do Trabalho. Apesar de Moçambique ter uma lei específica do desporto, os nossos juristas não dão valor em defesa aos treinadores, lamenta.

 

Leia mais...

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade