Em Português os Treinadores se entendem!

Por: Raimundo Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo
 
Face aos novos desafios que os treinadores de futebol e futsal enfrentam nos dias que correm, inerentes aos desafios resultantes de novos paradigmas e às constantes exigências do profissionalismo, mas também devido às mudanças estruturais impostas pelas autoridades máximas que gerem o futebol, não só, exigindo uma formação e requalificação dos treinadores de futebol, faz com que os mesmos exijam mais de si e adaptem-se a tais exigências. Com efeito, a Associação Moçambicana de Treinadores de Futebol (AMTF), à semelhança dos seus homólogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), esteve presente em Portimão, Portugal, para testemunhar aquela que foi a primeira reunião preparatória de constituição da União de Treinadores de Futebol Profissional da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (UTFP CPLP). Rogério Marianni, treinador moçambicano a residir nas terras lusas, foi mandatado pelo presidente da AMTF para subscrever naquela que ficou conhecida como sendo a “Carta de Portimão”.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

Publicidade