A Bola da Solidariedade

Por: ATANÁSIO ZANDAMELA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Luís Muianga
 
Os desportistas nacionais não se alheiam à tragédia que se vive no Centro do país, com epicentro na província de Sofala e Manica e nos últimos dias juntaram-se num gesto de solidariedade, em que se destaca o jogo entre a Liga Desportiva de Maputo e a Associação Black Bulls, que produziu grandes quantidades de produtos, entre alimentares – não perecíveis – e material de construção. Adversários de muitas ocasiões, os clubes procuram mostrar que se unem quando a causa não são os resultados desportivos. Por isso, no sábado, enquanto no estádio nacional do zimpeto as velhas glórias do nosso futebol enfrentavam a equipa do Município da Matola, no Afrin era a Liga Desportiva de Maputo e a Associação Black Bulls que se defrontavam num pretexto para angariar fundos e bens materiais. Já ontem, no mítico estádio da Machava, era a vez dos históricos do país (Maxaquene, Costa do Sol, Ferroviário e Desportivo), os clubes que juntos valem 30 títulos nacionais nestes quase 43 anos de independência nacional e 28 taças de Moçambique entrarem em campo pela solidariedade. Isso só em Maputo, porque noutros pontos há relatos de iniciativas similares, ressaltando o movimento de vilankulo envolvendo a enh e o FC local. Os Mambas antes de perder o comboio da qualificação já haviam sido solidários, oferecendo alguns produtos ao Instituto Nacional de Gestão das Calamidades (INGC).
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

Publicidade