SEREMOS UM MAXAQUENE HUMILDE E LUTADOR

Por: RAIMUNDO ZANDAMELA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Luís Muianga
 
À semelhança do seu vizinho (Desportivo), o Clube de Desportos da Maxaquene não recorreu a grandes investimentos no seu plantel. Ainda assim, a ousadia do emblema tricolor não inibiu que a Direcção liderada por Arlindo Mapande fosse ao mercado de saldos adquirir o que de melhor ainda existia. A uma semana do arranque do Moçambola, o Maxaquene, que já havia se apresentado para os seus adeptos e não só no Torneio Top-8 Mavila Boy, deverá contar na presente época futebolística com os préstimos de três estrangeiros. Trata-se dos camaroneses Fopa Tchinda Vital (médio), Chagam Ferdinand (central), e o zimbabweano Arnold Nyakabawo (central). Para engrossar a lista dos reforços, o Maxaquene entregou a responsabilidade ao guarda- -redes Victor para defender os interesses da equipa na baliza. Lembrar que na época passada o guardião representou o Ferroviário de Nacala. Os médios Honório e Chirasse, idos do Ferroviário de Quelimane e do Desportivo de Maputo, respectivamente, perfilam no naipe dos jogadores que assinaram pelo clube recentemente. O ataque dos maxacas conta também com um novo rosto. Trata- -se de Djê, que já marcou dois golos no Torneio Mavila Boy, um ex-Têxtil do Púnguè, que assinou pelo clube por uma época. Com o plantel completamente fechado, os treinados de Antoninho Muchanga procurarão nesta época inverter o cenário negro que tem acompanhado as suas hostes nos últimos tempos. Embora não tenha dado a voz, Antoninho Muchanga tem vindo nas últimas semanas a trabalhar com a sua equipa técnica no sentido de afinar a máquina. – “Temos o plantel completamente fechado. O último reforço que chegou foi o Victor, que é o homem da baliza. Temos um defesa central que é camaronês, um compatriota seu médio defensivo. Reforçámo-nos em todos os sectores e estamos satisfeitos com o trabalho que temos vindo a desenvolver com todos eles. Felizmente os jogadores estão a corresponder às nossas expectativas”, disse Rosário Ássamo, treinador de guarda-redes e porta-voz do treinador principal. Lembre-se que Antoninho continua trabalhando com outro ex-jogador tricolor, Amide Tualibudine. Ambos renovaram o contrato depois de terem sido aposta do anterior executivo.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

Publicidade