TUDO DEPENDE DE NÓS

Por: ATANÁSIO ZANDAMELA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo
 
A Selecção Nacional de Futebol de Moçambique regressa hoje a Maputo, onde a partir de amanhã à tarde vai cumprir a última etapa da preparação iniciada há duas semanas na cidade sul-africana de Pretória tendo em vista o jogo do tudo ou nada com a Guiné-Bissau do próximo sábado (16.30 horas), para a última jornada do Grupo “K” de qualificação para a 32ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que se disputará no Egipto entre Junho e Julho próximo. À entrada para a derradeira jornada da fase de qualificação, as contas não nos são favoráveis, mas nada assustador, porque tudo depende de nós e quem vai realizar o sonho são os próprios Mambas, que precisam apenas de vencer sábado a Guiné-Bissau e devolver, nove anos depois, Moçambique à fina flor do futebol continental, onde esteve pela última vez em 2010, em Angola, e pela primeira vez em 1986 justamente no país (Egipto) que acolhe esta 32ª edição.
 
OS 23 SERÃO CONHECIDOS AMANHÃ
Depois de 15 dias de estágio, que termina esta manhã no High Performance Centre, em Pretória – ainda treina esta manhã – a selecção inicia amanhã à tarde, no Estádio Nacional do Zimpeto, a derradeira fase de preparação, já com a integração dos nove seleccionados que evoluem no estrangeiro, que são esperados hoje. A convocatória dos internacionais, divulgada sexta-feira a partir de Pretória, não traz novidades na lista senão o regresso de Mexer e Ratifo, que não defrontaram a Zâmbia em Novembro, o primeiro por lesão e o segundo simplesmente por não ter comparecido. Os restantes sete que se juntam aos 26 que regressam esta noite da África Sul são Edmilson, Zainadine Jr., Reinildo, Dominguez, Geraldo, Witti e Reginaldo.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

Publicidade