DESILUDIDO COM OS MAMBAS

Por: Deanof Potompuanha
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de I. Sitoe

Não se evidenciou como um grande jogador, a sua carreira futebolística terminou entre as ruas do seu bairro e jogos escolares, mas é um grande entusiasta do futebol e é escusado dizer que é um adepto ferrenho dos Mambas” e do Ferroviário de Maputo. Aliás, como ele próprio faz sempre questão de referir, é “locomotiva” desde os tempos de Luizinho! A sua vida resume- -se à música, desporto e Direito. Giovane Xadreque Maunze é o seu nome de registo e regozija-se de nenhuma destas actividades terem o desviado e nunca ter reprovado de classe.

“Boneca de pano” é a música que lançou a sua carreira, mas foi com “País do pandza” que ganhou notoriedade junto das massas. Nas suas letras faz sempre questão de falar do desporto, especificamente do futebol e seus intervenientes. Foi assim que conheceu o seu ídolo – Mexer – e hoje irmão. Se de um lado o rapper admirava o atleta (na altura no Desportivo), este último escutava sempre as músicas do Slim juntamente com os seus colegas (Mexer, Zainadine, Dominguez, Josimar…), mesmo não se conhecendo. Ou seja, a admiração era mútua.

Mas foi a partir de Jerry, um outro futebolista e amigo, que conhece Mexer.

Leia mais...