O EMPATE JÁ ERA MAU E COM A DERROTA FOI AINDA PIOR

Por: Gilberto Guibunda
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Luís Muianga

Incrédulos, cabisbaixos, prostrados, melancólicos, amargurados, deprimidos, aliás, todos os adjectivos possíveis para caracterizar o estado emocional com que alguns dirigentes de outras esferas sociais presentes sábado último no Estádio Nacional do Zimpeto e que testemunharam o opróbrio dos Mambas diante da Namíbia. Mas o sentimento era comum para as centenas de adeptos que coloriram de onda vermelha as bancadas do ENZ e de tantos milhões de moçambicanos que através das ondas da rádio e da televisão acompanharam este desdoiro caseiro da equipa nacional.

Minutos antes do apito inicial a nossa Reportagem tinha estado em conversa com o ex-capitão, um dos melhores, senão o melhor marcador dos Mambas, Tico-Tico e pela sua análise no fim do jogo fazia todo o sentido reproduzir o seu excerto.

– Temos de tentar ganhar a todo o custo, claro que a Namíbia não vai facilitar porque está desesperada e precisa de pontos. Está numa posição não muito boa e sabendo que tem outro jogo em casa vai fazer vida difícil aos Mambas. Moçambique tem obrigação de vencer e se queremos ir ao CAN temos de ganhar todos os jogos em casa.

Leia mais...