Mais uma entrada em falso para Moçambique

Raimundo Zandamela, Maurícias Raimundo Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Foto: COSAFA.COM

Voltámos acusar a falta de ritmo competitivo, tudo por causa da ausência de jogos. Mas uma coisa é certa: Moçambique deixou uma boa impressão, no que ao talento diz respeito. Voltámos a mostrar que temos uma palavra a dizer e que a saída precoce não passou de um mero acidente de percurso. Com um pouco mais de preparação cuidada e mais jogos pré-competitivos a nossa participação não se resumiria apenas em mais um desaire. Aliás, esta constatação foi partilhada também pelo técnico da UEFA, Kann Kahraman, que acompanhou o torneio durante as duas semanas. Depois da vitória conseguida graças ao golo de Geny Catamo frente à Zâmbia, na edição passada, realizada também nas Maurícias, o combinado estreou com um empate sem golos com o mesmo adversário, não tendo argumentos para contrariar a até então campeã em título.

Leia mais...