Mocuba esmera-se para estar na rota do desporto nacional

Revitalizar a Associação Recreativa de Mocuba (ARM) com vista a regressar em grande às provas de alta competição nas modalidades de futebol e basquetebol na Zambézia e a nível nacional constitui a maior aposta dos antigos sócios daquela agremiação desportiva.

Jean David Rebêlo, membro-fundador da ARM, disse que o objectivo dos antigos sócios não é necessariamente gerir o património, mas sim criar condições de reabilitação para depois injectar sangue novo em termos de gestão. Neste momento, segundo ainda o nosso entrevistado, o clube não está a movimentar nenhuma modalidade desportiva e o principal desafio é melhorar as infra-estruturas.

FUTEBOL E BASQUETEBOL COM CAMPOS EM UTILIZAÇÃO

Em Mocuba, a nossa Reportagem constatou que as únicas infra-estruturas que estão a ser utilizadas para a prática desportiva são os campos de futebol e basquetebol. As outras, como por exemplo a piscina olímpica e o pavilhão polivalente, estão subaproveitadas, funcionando apenas os bares, que agora foram transformados em discotecas. Os convivas depois de consumir bebidas atiram garrafas e latas de cerveja e refrescos para as piscinas, como se isso fosse normal. As pessoas que estão a explorar as discotecas e restaurantes não se comovem com isso.

A sala de cinema está igualmente subaproveitada. Os dois campos, sendo um de futebol e outro de basquetebol, é que estão a ser usados. O de futebol é usado não só por jovens entusiastas que procuram promover intercâmbios entre bairros como também pela equipa do Matchedje de Mocuba, que participou e conquistou a edição 2017 do Campeonato Provincial de Futebol da Zambézia. Ainda assim o campo tem um piso pelado e as suas bancadas precisam de ser reabilitadas, porque na próxima época vai receber jogos da Divisão de Honra.

Jocas Achar

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

sábado, 30 março 2019
F. Beira vs Textáfrica
00:00 | Beira
F. Maputo vs Desportivo
00:00 | Maputo
L.D. Maputo vs ENH
00:00 | Maputo

Publicidade