Adeus, “Velho Capitão”!

Neto de um norte-americano e de uma filha de régulo moçambicana, Mário Wilson nasceu para o futebol de pé descalço nas ruas de Lourenço Marques (actual Maputo). Os seus dotes levaram-no para Lisboa, primeiro para o Sporting, mas foi na Académica que viveu os melhores anos da sua carreira e ali seria imortalizado com o epíteto de “Velho Capitão”. No Sporting marcou 37 golos em 38 jogos nas duas épocas que passou de leão ao peito.