Marta Mapilele: a “co-piloto” da nave FMF

Uma mulher. Uma dama que gere os balneários ao mais alto nível do futebol moçambicano. Não sente propriamente o cheiro, mas cria condições para o seu conforto. É Marta Mapilele, vice-presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), para a Área Financeira, pilotando, em parceria com Alberto SimangoJr., esta grande nave que leva o futebol do país para destinos apetecíveis.

Deixar de voar para andar sobre os carris

Dez anos depois, Augusto Matos transferiu-se do Desportivo para o Ferroviário de Maputo. E como os gémeos não se desgrudam, Pio Matos decidiu seguir os mesmos passos. Em entrevista exclusiva ao desafio, “Lingras” fala das motivações e novas metas. O alvo é a camisola 15. O nosso interlocutor fá-lo-á em homenagem a João Chirindza. Pio Matos deixa, assim, as “águias” para abraçar os “locomotivas” por duas épocas.

Pág. 6 de 7

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade