ENCONTREI UM SPORTING COM MUITOS PROBLEMAS

Por: Salvador Nhantumbo
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

Uzaras Mahomed é um carismático homem de futebol, treinador de qualidades reconhecidas que ultimamente anda pouco senão longe da alta- -roda do desporto-rei moçambicano, mais concretamente no Moçambola. Regressou este ano à primeira divisão pela porta do Sporting de Nampula, depois de dois anos fora da principal competição futebolística nacional. A sua última aparição antes de abraçar os “leões nampulenses”, já na terceira jornada do Moçambola, foi quando treinou o Desportivo, em 2016, numa altura que os “alvi-negros” estavam a atravessar uma fase crítica, ou seja, haviam perdido quase todo o seu plantel. Foi trocado ao longo da época por João Chissano, mas nem com isso o Desportivo escapou à descida de divisão, e lançado para aos escalões de formação onde se notabilizou com a projecção de vários jogadores para a alta-competição, alguns dos quais foram até parar no estrangeiro. Feito isto, foi ao Mahafil, donde partiu para o Sporting.

Já em Maputo, Uzaras Mahomed aceitou o convite para uma entrevista onde fala da sua vida profissional, dos seus projectos, as suas expectativas em relação ao futebol. Fala da pretensão que o Sporting tem de contratá- -lo para trazer de volta o clube ao Moçambola, bem como de dois convites que não os revelou. Acompanhe, nas linhas que seguem, as partes importantes da entrevista.

Leia mais...