Tudo a postos para O “Future”

Por: Atanasio Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

Com um prize-money de 15 mil dólares norte-americanos (cerca de 900 mil) o “Future” 2018 arranca próximo dia 6 de Novembro nos courts do Jardim Tunduru, na capital do país. Para já a Federação Moçambicana de Ténis (FMT) fala em cerca de 200 participantes, sendo cerca de 100 estrangeiros. Como tem sido prática, o “Future”, que é uma série de torneios profissionais que acontecem no mundo, no qual os tenistas estão de olho em títulos assim como no crescimento no ranking, será disputado em duas etapas, sendo que a primeira decorrerá entre 6 e 11 de Novembro, enquanto a segunda terá lugar entre 12 e 17 do mesmo mês.

As inscrições para o evento alegram Valige Tauabo, presidente da FMT, que considera que estão criadas condições para que o evento mantenha a credibilidade conquistada nos últimos anos e continue fazendo parte de um circuito obrigatório.

- “A organização está a trabalhar com vista a criar condições para este evento, que será o último grande do nosso executivo, tendo em conta que Dezembro termina nosso mandato”, revelou Tauabo, que depois sublinhou que “esta é a última edição de Future disputada em duas semanas. A ideia da ITF é que seja em três semanas de modo a assegurar maior número de jogos”, explicou.

Leia mais...