Ex-mambas divididos entre a esperança e o cepticismo

Por: Raimundo Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

As duas derrotas consentidas pela Selecção Nacional de Futebol, Mambas, diante da Namíbia, trouxeram a terreiro opiniões bipolarizadas entre alguns jogadores que participaram na última campanha rumo ao Campeonato Africano das Nações (CAN), que teve lugar em Angola em 2010.

Alguns equacionam que são remotas as possibilidades de Moçambique garantir a qualificação depois de ter tido tudo ao seu alcance para não sofrer. O esquerdino Paíto foi o rosto visível desse descontentamento, tendo na última edição deste tablóide questionado publicamente o porquê da ausência de Simão Mathe na selecção, sendo este, na sua óptica, uma peça-chave para os Mamabas.

Na reportagem Paíto vincou que não via a necessidade de a selecção jogar com dois médios defensivos, pois na sua óptica era obrigação de Moçambique controlar o jogo e ganhar. Para o ex- -Mamba, a ausência de Simão carece ainda de uma explicação de quem de direito, uma vez que ninguém se predispôs a dar uma explicação formal ao povo.

Leia mais...