SAFRÃO PAGA O PREÇO DE UM ERRO MÉDICO COM O PRÓPRIO SACRIFÍCIO

Por: IBRAIMO ASSAMO
Fotos de Ibraimo Assamo

Há três anos que desapareceu dos holofotes da Imprensa e do cheiro dos balneários por motivos que certamente poucos desconhecem. António Safrão, treinador de futebol que se notabilizou ao serviço do Ferroviário das Mahotas, muito antes dos grandes clubes começarem a piscar-lhe o olho, vive por esses dias momentos dramáticos da sua vida.

Tudo começou quando em Fevereiro de 2015 participava de um curso de treinadores do nível A da Confederação Africana do Futebol (CAF) promovido pela Federação Moçambicana de Futebol (FMF), na vila de Namaacha, quando numa das aulas práticas terá tido uma queda, tendo fracturado a coluna.

Não obstante ter quebrado a coluna, o técnico conta que isso não lhe impediu de terminar o curso. Todavia, no fim do curso começou a maratona de exames, pois quando andasse sentia algo incaracterístico com os seus movimentos normais. 

Leia mais...