Obras de reabilitação iniciarão brevemente

Para o efeito, precisa de construir bancadas, concretamente na zona em que vai ficar a tribuna de honra, além dos balneários, entre outras componentes exigidas para acolher os jogos do Moçambola. Segundo Madoda, o Maxaquene já identificou um parceiro que irá cuidar da obra, mas não quis adiantar o nome, nem os valores envolvidos no projecto.

É um grupo chinês, associado a um empresário moçambicano, que é adepto e sócio do Maxaquene, mostrou abertura para a reabilitação do campo, com ganhos para ambas as partes, como é óbvio. O objectivo é podermos jogar no nosso campo na próxima temporada, mesmo que não seja logo no início. O processo está em curso. Já tivemos vários encontros para se avançar com o projecto, disse Ernesto Júnior, que acrescentou que o primeiro passo dado pelo clube foi garantir que a equipa treinasse no seu campo durante o ano de 2017.

Joca Estêvão