Siga-nos:

17ª Jornada do Moçambola

Opinião

Basquetebol

Notícias

Editorial

Retrovisor

Um instrutor FIFA em ascensão

Depois da carreira nada discreta no atletismo em que se destaca uma medalha de ouro na 1ª edição dos Jogos da CPLP e vários títulos nacionais nos 800,

0
0
0
s2sdefault

Nkutumula quer que se siga o exemplo do COM

O Ministro da Juventude e Desportos, Alberto Nkutumula, defende que as federações nacionais deveriam seguir com exemplo do COM e procurar formas de garantir sustentabilidade.

0
0
0
s2sdefault

Abel Xavier é justo transparente e exigente

A última vez que Telinho esteve nos Mambas a equipa nacional ainda estava sob comando técnico de João Chissano. Em Novembro de 2016, quando regressou à Selecção Nacional, o “11” nacional já estava sob comando técnico de Abel Xavier.

0
0
0
s2sdefault

Não sei se voltarei a treinar este ano

Depois de cerca de cinco meses, que tem reflectido sobre os motivos concretos que lhe impedem de estar a trabalhar numa equipa do Moçambola?

0
0
0
s2sdefault

Sentimento de missão cumprida

- Olhando para esses 19 anos de carreira que memórias é que guarda?

- Guardo memórias felizes e tristes.

0
0
0
s2sdefault

Fiz muito pelo país mas hoje me põem de lado!

– Mas nem com isso desmoronou o sonho de estar no CAN a representar o país?

– Pena que não ganhámos no CAN! Superámos várias dificuldades. Tínhamos até dificuldades de ter botas para os jogadores. Só trabalhei por Moçambique, apenas por ser o meu país.

0
0
0
s2sdefault

CAN- 86 é um marco na história de Moçambique

– O ano 1986 é indubitavelmente, para a história do futebol moçambicano e para o mister em particular, um marco histórico. É um ano em que quando olha para o passado e diz que valeu a pena a aposta pelo futebol…

0
0
0
s2sdefault

Chamem-me por Haider

Ainda nas camadas de formação do Desportivo Haider foi apelidado por Fala-Fala porque, segundo ele, passava o tempo a falar, sempre mais do que os seus colegas de equipa. Foi assim que um roupeiro deu-lhe o nome de Fala-Fala. Hoje, na missão de Deus, não aceita mais que lhe tratem pelo nome que o popularizou como futebolista.

0
0
0
s2sdefault

Início do martírio

Foi notório ao longo da conversa que as pausas longas que Aly dava para responder as questões não eram normais. A dada altura "desafio" apercebeu-se de que o entrevistado por inúmeras vezes transparecia dificuldades de dizer com exactidão as datas e de se lembrar de alguns dados curiosos da sua carreira.

0
0
0
s2sdefault

A nossa evolução é de perdedores

Há 15 anos na África do Sul, António Trigo, ou simplesmente Paulito nas lides futebolísticas, recentemente visitou o país que o viu nascer a convite do Jonas Nhaca, patrono da Academia Brilho do Sol, onde proferiu uma palestra às crianças da mesma. Em entrevista ao desafio, convidámo-lo a recuar no tempo para falar da sua carreira.

0
0
0
s2sdefault

Marta Mapilele: a “co-piloto” da nave FMF

Uma mulher. Uma dama que gere os balneários ao mais alto nível do futebol moçambicano. Não sente propriamente o cheiro, mas cria condições para o seu conforto. É Marta Mapilele, vice-presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), para a Área Financeira, pilotando, em parceria com Alberto SimangoJr., esta grande nave que leva o futebol do país para destinos apetecíveis.

0
0
0
s2sdefault

Devemos ter selecções mais competitivas

Marta Mapilele defende muito uma gestão criteriosa, sobretudo transparente, assente nos regulamentos e especificidade do sector, ou da área que se dirige, para se poder obter mais apoios para o desporto, tendo em conta tratar-se de uma actividade que pouco depende de produção própria.

0
0
0
s2sdefault

Os gostos de Marta

Marta Mapilele fala português, inglês, espanhol, russo, changana e bitonga. Quando vai à mesa, não perdoa um bom peixe, gosto que resulta do seu convívio com a região costeira onde ela cresceu. Estranhamente, para si mesma, aprecia a cor azul, fruto de uma motivação da qual não tem registo. De repente se viu rodeada de muito azul e se aparece com uma cor diferente é meramente para variar. Em termos de literatura, lê muito os livros da sua área de especialidade, mas agora está a ler uma obra que versa sobre a liderança e suspeita que seja por causa dos cargos que tem estado a exercer, que ganhou interesse por este livro que tem como título “O Monge e o 

0
0
0
s2sdefault

A minha realização é que as pessoas acreditem no trabalho que fazemos

Muito se queixa do défice de dirigismo, nos tempos que correm. A ausência de carolas tem condicionado a eficiência do desporto moçambicano, facto eu se reflecte em termos de resultados, no contexto internacional. E Marta Mapilele é aquela mulher que tem ideias claras e disponibilidade para assumir o desafio que visa contrariar esta tendência.

0
0
0
s2sdefault
2final.gif

Classificação do Moçambola 2017

Equipas
J V E D GM GS P
1 U.D. Songo 18 11 3 4 22 11 36
2 Costa do Sol 18 10 4 4 22 11 34
3 F. de Nacala 18 9 4 5 14 11 31
4 F. de Maputo 18 9 3 6 19 15 30
5 D. Nacala 17 6 8 3 13 8 26
6 Liga Desportiva 18 7 4 7 24 23 25
7 Clube de Chibuto 18 6 6 6 17 18 24
8 F. de Nampula 18 4 11 3 14 11 23
9 ENH de Vilankulo 18 5 7 6 20 21 22
10 F. da Beira 16 5 6 5 21 17 21
11 Maxaquene 18 4 8 6 16 18 20
12 Chingale de Tete 18 5 5 8 18 23 20
13 Textáfrica de Chimoio 18 5 4 9 16 23 19
14 1º De Maio 18 4 6 8 17 22 18
15 UP Lichinga 17 5 3 9 9 15 18
16 A D Macuácua 18 3 6 9 10 25 15
BNIfinal.gif
1final.gif

Mambas

Tabela de Preços

web_banner_1.gif

Sondagem

O que acha do site?

Quem está online?

Temos 230 visitantes e sem membros em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador