Atraso salarial provoca paralisação de actividades no SHM de Vilankulo

Os jogadores do SHM de Vilankulo paralisaram as suas actividades desde segunda-feira última, na sequência do atraso salarial de quatro meses, e ameaçam não comparecerem ao campo no embate agendado para este domingo, frente ao Incomáti Xinavane, inserido na 20ª jornada do Campeonato da Divisão de Honra da Zona Sul.

– Temos jogo marcado para domingo e estamos numa situação muito complicada. Estamos já no quinto mês e não temos salário, o que é preocupante. Não estamos a trabalhar porque os jogadores não estão com cabeça para trabalhar,afirmou António Uamba, técnico do SHM.

Eis a marcação dos jogos para esta ronda: Vulcano de Maputo-Palmeiras de Homoine, Águias Especiais de Maputo-Matchedje de Maputo, ESFA FC de Boane-Desportivo de Maputo, Ntumbuluco de Moamba-Estrela Vermelha de Maputo e Ferroviário de Gaza-Associação Desportiva de Chókwè.

De salientar que o SHM encontra-se na 7ª posição da tabela classificativa, com 13 pontos, e o Incomáti lidera aprova, com 26.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade