N NOTICIÁRIO

Relâmpago campeão do Titanic

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

O Relâmpago FC, do Bairro Acordos de Lusaka, tornou-se sábado vencedor do Torneio Titanic, batendo na final o GV United, do Bairro T-3 por uma bola (1-0) depois de decorridos 90 minutos e ter se recorrido ao prolongamento para se encontrar o vencedor, em partida realizada no T-3 Arena Stadium (Escola Primária de T-3).

Numa partida que teve a assistência do presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Faizal Sidat, do presidente do município da Matola, Arão Nhancale, as duas equipas apresentaram-se bem apetrechadas, configurando-se com jogadores dos campeonatos provinciais, do Moçambola e até da Selecção Nacional, o que tornou a partida muito equilibrada e cheia de emotividade e espectacularidade.

O GV United, apresentando-se com jogadores tais como Josimar, médio da Liga Desportiva Muçulmana, Clésio, Inácio, Marcelino (ex-guardião do Desportivo), entre outros, teve um excelente início da partida, visitando por várias vezes a baliza à guarda de Pinto, mas sem sucesso.

Na primeira jogada de encher o olho Jacinto, do Relâmpago, trocou os olhos da defensiva do GV, tirando o adversário do caminho mas na hora da finalização atirou o esférico para as nuvens.

Aos 34 minutos, numa jogada bem elaborada iniciada por Clésio na ala esquerda, este faz uma asssistência a Josimar, que conduziu o esférico do lado direito, fazendo um cruzamento para Fudge,  que passa para Kito, que só não abriu o activo por falta de engenho e frieza.

O Relâmpago não  arregaçou as mangas e muito menos deixou-se intimidar pelas “estrelas” do GV. Na reacção Raul fura o meio-campo contrário passando por tudo e todos até à grande área onde serve Ndjusta, que remata a escassos centímetros da baliza de Marcelino.

A segunda parte inicia tal como a primeira, com o GV tentando vencer o jogo logo de início. Houve mexidas nas duas equipas: Relâmpago tira Raúl e Paulino, entrando nos seus lugares Parquim e Arnaldo, que trouxeram outra dinâmica ao jogo. O GV substitui  Clésio e Josimar, fazendo entrar Jair e Samuel. Assistiu-se a uma grande partida de futebol, com as equipas dividindo oportunidades claras de golo.

As claques, bem constituídas, faziam a sua parte, com vuvuzelas e cânticos, mas tal não foi suficiente para que as equipas não fossem ao prolongamento.

Já no prolongamento com as equipas fatigadas começou o anti-jogo “cai-cai”. O Relâmpago aproveitou-se bem do cansaço do adversário e o encostou ao seu reduto e à metade do tempo do prolongamento Arnaldo, que entrara a substituir na segunda parte, tirou proveito da distracção da defensiva para encostar a bola e assinalar o golo solitário que decidiu o título.

Depois do golo assistiu-se a elevadas situações de anti-jogo, o que levou o juiz da partida a advertir os jogadores com cartolinas amarelas e duas vermelhas, sendo uma para cada equipa.

Titos Muamba, treinador do Relâmpago, no final de jogo, visivelmente emocionado, disse que o resultado foi fruto de muito trabalho e sacrifício.

- Ninguém acreditava que venceríamos o jogo porque esta é a nossa segunda temporada a participar do campeonato. Mas com toda dedicação conseguimos levar o título de forma merecida.

A terminar, Muamba disse que depois de 12 anos ao serviço daquela colectividade aquele era o momento do adeus como treinador, pensando na possibilidade de ocupar outras pastas no seio do clube.

Por seu turno, Carimo José, treinador-adjunto do GV, lamentou a derrota, acrescentando que era seu desejo levar o título para casa.

- Não tiramos mérito ao adversário, pois foi um justo vencedor. Só temos a lamentar o “cai-cai” que marcou os últimos momentos do jogo. Mas na próxima época prometemos melhorar.

No fim da cerimónia a equipa vencedora levou para casa 21 mil meticais, uma taça e medalhas de ouro, enquanto o GV arrecadou 10 mil meticais. Samito Macucumula e Inácio Mahesse foram eleitos guarda-redes menos batido e melhor goleador, respectivamente, e foram igualmente coroados com valores monetários.

Por seu turno, Faizal Sidat, presidente da FMF, disse na ocasião que os torneios nos bairros ajudam a prospectar jogadores para a Selecção Nacional e que a Federação ajudaria sempre dentro das suas possibilidades. Por fim, apelou para que não se construam salas de aula naquele campo de futebol.

 

BASQUETEBOL

Nacionais de juvenis estremecidos

Os Campeonatos Nacionais de Juvenis em basquetebol masculino e feminino, que haviam sido agendados pela Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB) para 5 a 13 de Janeiro em Tete, têm o seu arranque incerto, devido à falta de condições logísticas no local.

De acordo com o comunicado oficial da FMB em nossa posse, o certame deve ter a representação de todas províncias do país, sendo que a anfitriã é a província de Maputo, com duas equipas, e o resto das províncias com uma equipa.

Entretanto, Joseph Coles, presidente da Associação Provincial de Basquetebol de Tete, afirma que será praticamente impossível a realização da prova nas datas indicadas pela FMB.

Até ao momento confirmaram a sua presença o Ferroviário de Nacala, em masculinos, Abílio Antunes de Chimoio, Golfinhos e Académica, ambos de Tete, em masculinos e femininos, respectivamente.

Ademais, Coles diz que a carta da FMB só deu entrada ao Gabinete do Governador local no dia 2 de Janeiro, pelo que não serão atendidas as solicitações feitas nas datas indicadas. No entanto, decorrem negociações para que as competições se realizem a partir do dia 12 de Janeiro.

As instalações que irão acolher a prova não têm condições mínimas de alojamento e muito menos iluminação. Tudo está a ser feito às correrias.

Refira-se que a prova será disputada em juniores masculinos e femininos em Chimoio, de 19 a 27 de Janeiro, enquanto em seniores femininos a disputa acontecerá de 30 de Janeiro a 7 de Fevereiro, em Maputo.

 

Tenistas nacionais buscam lugar no Africano

Sete tenistas nacionais estão desde ontem em Windhoek, na Namíbia, a disputar o Campeonato Africano da região austral na categoria Sub-16, que tem seu términos previstos para este sábado, 12 de Janeiro.

A comitiva moçambicana deixou o país na tarde da última sexta-feira esperançada em regressar com garantia de um lugar na fase final do “Africano”, tal como aconteceu no ano antepassado, em que o país esteve representado por Cláudia Sumaia.

A preparação do combinado nacional decorreu sem grandes sobressaltos nos “courts” do Jardim Tunduru, em Maputo, sob olhar atento do antigo campeão nacional Armindo Nhavene, que vem transmitir a sua experiência à pequenada, assim como reforçar António Sábado nesta missão.

Moçambique far-se-á representar em masculinos por Fábio Mendes, Sub-18, e pelos irmãos Armindo Nhavene Júnior e Bruno Nhavene, Sub-14. Em femininos irá participar com Cláudia Sumaia, Diana da Costa, Marieta Nhamitambo e Elizabeth Oliveira, na categoria de Sub-14.    

Maiores responsabilidades nesta campanha para as jovens Cláudia Sumaia e Diana da Costa, que no ano passado disputaram os Jogos da CPLP, em Portugal, e os do SCSA, na Zâmbia.

A Federação Moçambicana de Ténis está esperançada em trazer melhores resultados do que aconteceu nas anteriores participações.

Lembre-se que os melhores classificados irão fazer parte da selecção da região austral no Campeonato Africano a ter lugar em Abril no Cairo.

 

Treinadores reunidos

em Assembleia-Geral

A Associação de Treinadores da Cidade de Maputo reúne-se na manhã (10.00 horas) do próximo sábado, 12 de Janeiro, no pavilhão do Grupo Desportivo de Maputo, em Assembleia-Geral Ordinária.

O encontro tem como objectivo a apreciação do relatório de actividades e contas, bem como a eleição da nova Direcção.

O único candidato à substituição de Bernardo Mabui é o treinador adjunto da Selecção Nacional João Chissano.

 

FMX massifica prática de xadrez

 

A Federação Moçambicana de Xadrez (FMX) massifica a prática da modalidade em Maputo. Para tal abriu as suas oficinas na sede da federação para estimular os interessados naquela disciplina desportiva, pouco exercida no país.

As aulas, que decorrem a bom ritmo, iniciaram quarta-feira, 2 de Janeiro, e têm lugar às segundas, quartas e sextas-feiras no horário das 15.00 às 16 horas e 30 minutos, e conta com a participação de sete xadrezistas.

De acordo com Selma Simango, Presidente de Direcção da FMX, as aulas terão duração de 16 sessões, o que corresponde a 4 semanas de aprendizagem. O objectivo é envolver os neófitos em noções básicas de xadrez e ocupar os tempos livres dos alunos.

A nossa fonte disse ao desafio que esta prática será uma constante nos próximos tempos, já que será levada sempre a cabo por estas alturas e em todas as férias escolares. O grupo que agora é formado será envolvido em torneios que acontecerão nas férias trimestrais e gradualmente os seus elementos serão envolvidos em grandes torneios.

 

FMAND promove regionais

de Andebol em juniores e juvenis

Arrancam hoje os campeonatos regionais de juniores e juvenis de Andebol até ao dia 14 de Janeiro. Na zona norte do país em juniores as competições se realizarão na província de Nampula. As equipas envolvidas são: Flamengo de Norte, Andorinhas e Núcleo de Andebol em masculinos, todas de Nampula. Em femininos, e na mesma categoria, disputarão Benfica, Andorinhas e o Núcleo de Andebol, também de Nampula.

Na zona centro tremos como campo de jogos a cidade de Chimoio com as seguintes equipas em masculinos: Liga Muçulmana de Chimoio, Clube de Gondola, Escola Secundária, todas de Manica. Clube de Dondo, Cadeco de Dondo e Spak Baptista, estas de Sofala. Em femininos as equipas participantes são: Clube de Dondo de Sofala, Liga Muçulmana de Chimoio, Clube de Gondola, Escola Secundária, todas de Manica.

Na zona sul, que se disputa na Matola, em masculinos temos Clube de Boane, Matolinhas e Maxaquene. E em feminino Clube de Boane, Matolinhas, Maxaquene e Matchedje.

Na categoria de Juvenis teremos na zona Norte o Andorinhas, Águias de Nampula e o Flamingo de Norte em masculinos. Em femininos teremos apenas Águia de Nampula e Flamingo do Norte.

Na zona sul que acontece na cidade de Xai-xai temos em masculinos Adam’s Transport, matolinhas, Clube de Boane e Malhangalene And clube. E, por fim, emfemininos Escola Secundaria de Xai-xai, Matolinhas e clube de Boane

De acordo com Assane Basse, Secretario Geral da Federação Moçambicana de Andebol (FMAND), esta é a primeira fase, nos meses de Junho a Julho disputar-se-á a fase nacional.

 

COPA MAFALALA

Mafalala conhece vencedor esta semana

Copa Mafala Disputa-se esta semana as semi-finais e final da Copa Mafalala. Nos jogos dos quartos-de-final realizados no fim-de-semana apurou as equipas que disputarão as meias-finais.

Os Tchilados golearam o Wasp (5-1), o Manchester derrrotou o Ndzongueni (1-0), os Rebeldes derrotaram os Bonecos (2-1) enquanto o Pangolim derrotou a Água Quente pelo mesmo resultado.

Assim, teremos nas meias- finais os seguintes jogos: Manchester a medir forças com o Pangolim e os Tchilados contra os Rebeldes.

O jogo da final será realizado na tarde de domingo por volta das 15horas e 30minutos, antecedido do jogo de apuramento do terceiro classificado.

Publicidade
Subscreve se no Jornal Digital

Moçambola 2019

Pos Equipe J V E D GC GM Pts DP
1. C. do Sol 30 20 6 4 25 56 64 +31
2. UD Songo 30 19 3 8 29 47 59 +18
3. Fer. Maputo 30 13 9 8 22 34 43 +12
4. Fer. Beira 30 12 9 9 25 34 43 +9
5. Fer. Nacala 30 12 5 13 31 28 40 -3
6. ENH 30 10 11 9 30 29 37 -1
7. LD Maputo 30 11 7 12 36 30 37 -6
8. Textafrica 30 11 7 12 30 22 37 -8
9. Des. Maputo 30 10 10 10 29 35 36 +6
10. Incomáti 30 10 10 10 31 29 36 -2
LD Maputo 5 : 4 Des. Maputo
Têx. Púnguè 1 : 1 Nacala
B. de Pemba 1 : 2 ENH
Chibuto 1 : 0 UD Songo
Fer. Nacala 1 : 0 Fer. Beira
Fer. Nampula 2 : 1 C. do Sol
Maxaquene 1 : 0 Fer. Maputo
Textafrica 1 : 1 Incomáti

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo