RONALDO BISA CONTRA SAMPDORIA

O triunfo, com influência decisiva do vídeo-árbitro (VAR), permitiu à Juventus fechar a primeira volta sem derrotas (17 vitórias e dois empates) e com um recorde de 53 pontos, mais 12 do que o Nápoles, segundo classificado, que ainda hoje recebe o Bolonha.

O internacional português marcou praticamente a ‘abrir’ o jogo em Turim, aos dois minutos, mas a Sampdoria reduziu ainda antes do intervalo, de grande penalidade, com Quagliarella a fazer o 1-1, aos 33 minutos, depois de o vídeo-árbitro ter alertado para uma mão na bola.

As imagens de vídeo voltaram a ser determinantes na segunda parte, em novo penalty, também por alegado braço na bola, com Cristiano Ronaldo a marcar e a isolar-se na liderança dos marcadores do campeonato, com 14 golos, mais um do que Piatek, do Génova.

Leia mais...

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade