TRINTA MIL DÓLARES PARA OS MELHORES

Por:SALVADOR NHANTUMBO
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
FOTOS DE ARQUIVO

Trinta mil dólares norte-americanos é o que vale a premiação da próxima edição do Standard Bank Open, um evento compreendendo dois torneios internacionais de ténis (Futures) de nível da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) e que se realizará em Novembro próximo. A informação foi avançado pelo director de marketing e publicidade daquela instituição bancária, Alfredo Mucavela, durante o lançamento, na última terça-feira, do projecto de massificação do ténis levado a cabo em parceria com a Federação Moçambicana da modalidade (FMT) visando as escolas primárias do país.

Isto significa uma subida significativa do “prize money” relativamente aos últimos Futures realizados em 2016 e que tiveram uma premiação fixada em 20 mil dólares (metade para cada torneio). Isto faz a organização prever uma presença massiva de tenistas que supere as estatísticas das últimas edições.

Aliás, o último Standard Bank Open, realizado no ano passado, movimentou mais 300 tenistas e não envolveu a componente de Futures. Com “prize money” de 500 mil meticais, o evento cingiu-se num torneio internacional envolvendo tenistas nacionais e estrangeiros, maioritariamente provenientes de países da região austral de África, nomeadamente Suazilândia, África do Sul, Botswana, Lesotho, Zimbabwe e Zâmbia, mais a República Democrática do Congo; e outro dedicado à parte social, abrangendo juniores, crianças do mini-ténis, ou seja, do projecto de massificação e veteranos.

Leia mais...