Moçambique estreia-se sábado ante Inglaterra

Moçambique pode-se considerar feliz pelo facto de começar a disputa do campeonato com aquele queteoricamente é tido como sendo o adversário mais acessível do grupo, a avaliar pelo facto de Inglaterra estar no Mundial do Grupo A vindo do Mundial Grupo B disputado ano passado, em que foi segundo classificado.

É por isso que se pensa que, jogando com o adversário que em termos teóricosé o mais acessível do seu grupo, a equipa moçambicana terá a oportunidade de começar por assumir a liderança, num dia em que estão programados mais três jogos, sendo que a Argentina e a Suíça, que fazem parte do grupo de Moçambique, fazem o primeiro jogo do Mundial às 12.30horas de sábado.

Entretanto, as atenções do dia serão para a cerimónia de abertura, que antecede o momento mais esperado da noite, o desafio de abertura, às 21.00 horas, entre a anfitriã, França (actual oitavo melhor do mundo), e a pentacampeã do Mundo, Espanha.

Enfrentar Argentina

com contas feitas

Após a estreia no sábado, Moçambique voltará a jogar no dia seguinte (domingo), desta feita frente à Suíça (décimo classificado do Mundial de Angola), com que se acredita que teoricamente vai disputar um dos lugares de acesso aos quartos-de-final. No dia 22 de Junho vai enfrentar a Argentina, um dos fortes candidatos ao título, em partida da última jornada da primeira fase, esperando-se que seja apenas para confirmar a posição final de Moçambique na fase de grupos. Os argentinos são candidatos a vencer o grupo. É por isso que Pedro Nunes, seleccionador nacional de Moçambique, tem dito que eu já me daria por satisfeito por ganhar os primeiros dois jogos (Inglaterra e Suíça) e jogar com Argentina sem qualquer tipo de pressão, defende.

Pedro Nunes quer evitar Espanha

Em entrevista publicada semana passada no jornal “Notícias”, o seleccionador Pedro Nunes traçou como objectivo principal chegar aos quartos-de-final, onde o cruzamento é com as equipas da Série A, nomeadamente Espanha (campeã do mundo), França (oitavo), Angola (nono) e Holanda (terceiro do Mundial do Grupo B).

- Passar à fase de grupos é, para já, o principal objectivo. Depois é preciso estar atento aos cruzamentos. Se ficarmos em segundo, jogaremos com Espanha e será muito difícil passar à fase seguinte e, consequentemente, ficar nos quatro primeiros lugares, disse.

Entretanto, o técnico disse notar uma melhoria em relação à equipa de 2011.

- Nota-se uma evolução de 2011 a esta parte. Agora, é bom não esquecer que estamos todos quatro anos mais velhos, e isso tem algum peso. De qualquer das maneiras, temos mais experiência, estamos mais identificados com as exigências de um Campeonato do Mundo e, muito provavelmente, com os adversários que nos calharam na fase de grupos, justificou.

Lembrando os grupos  DO MUNDIAL

Eis a composição dos quatros grupos: GRUPO A: Espanha (campeão em título), França (8.º lugar), Angola (9.º) e Holanda (3.º do Mundial do Grupo B). GRUPO B: Argentina (vice-campeã), Moçambique (sétimo), Suíça (10.º) e Inglaterra (2.º do Mundial do Grupo B). GRUPO C: Portugal (3.º classificado) Brasil (6.º), Alemanha (11.º) e Áustria (1.º do Mundial do Grupo B). GRUPO D: Chile (4.º lugar), Itália (5.º), África do Sul (12.º) e Colômbia (13.º).

Calendário da primeira fase

Sábado

Argentina-Suíça

Moçambique-Inglaterra

Angola-Holanda

França-Espanha

Domingo

Brasil-Austrália

Chile-África do Sul

Itália-Colômbia

Inglaterra-Argentina

Suíça-Moçambique

Espanha-Angola

Portugal-Alemanha

Holanda-França

Dia 22 de Junho

Alemanha-Brasil

África do Sul-Itália

Austrália-Portugal

Colômbia-Chile

Dia 23 de Junho

Suíça-Inglaterra

Espanha-Holanda

Alemanha-Austrália

Argentina-Moçambique

África do Sul-Colômbia

Chile-Itália

Portugal-Brasil

França-Angola

À espera dos 10 para o Mundial

Para tomar parte nesta edição, Moçambique termina amanha, terça-feira, o estágio que vinha observando há duas semanas no pavilhão da Luz, em Lisboa, e viaja quarta-feira, dia 17, para Nantes, de onde fará de autocarro cerca de 50 quilómetros até à cidade de LaRocheSur-Yon, local que acolherá a 42.ª edição da prova para a qual Moçambique parte como uma das selecções a ter em conta, depois do quarto e sétimo lugares conquistados em San Juan-2011 e Luanda e Namibe-2013.

Entretanto, só amanhã é que serão conhecidos os 10 atletas eleitos para o Mundial. Estes sairão do seguinte grupo: Arnaldo Queiroz, Lucas Cossa, Bruno Pimentel, Spiros Esculudes “Kiko”, Nélson Miquessene “Mafamba”, Ivan Esculudes “Maninho”, MomedBuanar “Dino”, Kevin Pimentel, Félix Gomes “Felzinho”, Mário Rodriguez “Marinho”, Igor, Bruno Pinto, Frederico Saraiva “Fredy”, Nuno Araújo e Filipe Nabais “Filipinho”.