Petromoc goleia (9-3) Gespetro e reacende a luta pela liderança

Na 11ª jornada, disputada no fim-de-semana, a Petromoc cilindrou o Gespetro, por 9-3, tendo o seu técnico, César Mussagy, afirmado que a equipa está a trabalhar bastante para alcançar o pódio da prova.

– A Petromoc está em vantagem, primeiro porque tem um jogo em falta em relação ao Iquebal e a um ponto de distância do líder. Resta-nos trabalhar um pouco mais para não perder as próximas partidas e nos sagramos campeões da cidade. Afirmou César Mussagy.

Por seu turno, o técnico do Gespetro, Madala, disse que a sua equipa tem sofrido derrotas pelo mesmo erro desde o inicio do campeonato.

– O jogo foi muito emocionante. Tivemos uma primeira parte totalmente dominada por nós, mas na segunda parte tivemos problemas de fadiga. O nosso erro de sempre é em relação à sinalização, disse Madala.

Ainda nesta ronda, mas já no sábado, o Iquebal humilhou a Papelaria Rex, por 10-3.

Desta feita, o treinador da Papelaria Rex, Mauro Bucuane, lamentou o facto de ter sido goleado, afirmando que“foi um jogo péssimo para nós. Todas as bolas que tínhamos perdíamos ao fazer transições. 

Já o treinador de Iquebal, Junaid Bachir, mostrou-se satisfeito com os resultados da sua equipa.

– A equipa entrou bem, soube impor o jogo ao adversário. Conseguimos fazer boas transições, controlámos bem a bola, marcámos cedo e conseguimos gerir o jogo, disse Bachir.

De referir que na tabela classificativa, o Iquebal lidera a prova, com 25 pontos, seguido pela Petromoc, com 24, e o Gespetro continua sendo o lanterna vermelha, sem nenhum ponto.  

Lembre-se que o campeonato está há quatro jornadas do fim e só passarão para as meias-finais quatro equipas, num universo de sete.

De referir que a 11ª jornada só fechou ontem, no Pavilhão da Politécnica, com encontro de MCN-Atlético de Moçambique, que terminou com o resultado de 2-1.

Leia mais...