Matine comanda sub-20 e Gonçalves continua adjunto de Abel

Quando tudo indicava que o vínculo contratual entre a Federação Moçambicana de Futebol, Arnaldo Ouana, Nasser Caimo (Nelinho) e Luís Fumo, antigas vedetas da Selecção Nacional, havia chegado ao fim, por estes não terem cumprido com os seus objectivos, eis que surgem novos dados.

Embora não tenham sido anunciados oficialmente, dados em nosso poder dão conta de que Luís Fumo será indicado técnico principal da selecção sub-17 e terá como adjunto Nasser Carimo (Nelinho), este último que assumia o cargo de principal.

Para a selecção sub-20, o Gabinete Técnico da Federação Moçambicana de Futebol indicou o até então treinador da Universidade Pedagógica de Manica, equipa que este ano ascendeu ao Moçambola. Ao que também apurámos, o técnico português Luís Gonçalves voltará a desempenhar a tarefa de técnico-adjunto, juntamente com Victor Matine. 

Destacar que Victor Matine, para além de ser treinador, é professor de Educação Física na Universidade Pedagógica, enquanto o português Luís Gonçalves é especialista na captação e gestão de talentos, área em que tem dedicado grande parte da sua carreira. Refira-se que Luís Gonçalves, de 45 anos, trabalhou durante muito tempo nos escalões de formação do Sporting, sendo que também teve uma passagem pelos iniciados do FC Porto.

Raimundo Zandamela 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Próximo Jogo

Publicidade