Desafios, cepticismo e optimismo no regresso dos alvi-negros

Por: Raimundo Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

Para trás ficam a euforia e o júbilo que marcaram o regresso do Grupo Desportivo de Maputo ao Moçambola, depois de na semana finda a Federação Moçambicana de Futebol (FMF)ter vindo a terreiro pronunciar-se a respeito da deliberação a seu favor no “caso Siaw” pelo Conselho de Disciplina da FMF, sob o número 08/CDFMF/2018, datada de 14 de Dezembro.

Bastando lembrar que a denúncia foi feita pelo Grupo Desportivo de Maputo, sobre a alegada utilização ilegal do ganês Samuel Siaw, ora com identidade moçambicana, registado por Samuel Sião Mendes, que até então encontra-se a serviço da Associação Desportiva de Macuácua.

Depois de ter ganho esta “batalha” na Secretaria, o clube alvi-negro esbarra-se agora com uma nova realidade que o coloca perante novos desafios, aliado a alguma descrença e cepticismo por parte de alguns, que olham esta subida como uma prenda de Natal “envenenada”.

Leia mais...