TROCOU O APITO PELO TRIGO

Por: Joca Estêvão
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

Em 1993, já na arbitragem, António Massango, que já tinha frequentado o primeiro ano do curso de Direito, foi conduzido a gerente de uma grande pastelaria na cidade de Maputo. Cuidava da parte administrativa e financeira dessa instituição, que em 2012 faliu. Dois anos mais tarde uma prima resolveu entrar para o negócio de panificação e como ela não entendia da área o escolheu para dirigir as padarias, dado que além da parte administrativa e financeira Massango aprendera a fazer pão.

- “Fui aprendendo nas horas vagas a amassar o trigo e ganhei gosto. Hoje estou melhor habilitado para criar a minha própria padaria e vou avançar. Já consegui adquirir o equipamento necessário para o efeito. Estou convicto de que a panificação é um bom negócio. Todo mundo gosta de pão. Ricos e pobres procuram o pão”, disse Massango.

O ex-árbitro de futebol revelou também que gostaria de prosseguir com os seus estudos e concluir o curso de Direito, mas a forma como trabalha, actualmente, dá-lhe poucas possibilidades de o fazer.

Leia mais...