SENTI-ME DESPREZADO E DESVALORIZADO

Por: Deanof Potompuanha
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

O guarda-redes Guirrugo decidiu quebrar o silêncio e falou ao desafio do que teria estado por detrás da sua não continuidade no Costa do Sol, num a época em que foi o guarda-redes menos batido do Campeonato Nacional, o Moçambola-2018.

– Na primeira negociação o clube aceitou a minha proposta. Mas depois teve aquele posicionamento que a Imprensa acompanhou. Mesmo depois de se ter fechado o dossier o representante do clube voltou a ligar para renegociarmos, mas já estava feito, disse o keeper da Selecção Nacional no fim da nossa conversa. Mas comecemos pelo início.

– Primeiro devo dizer que os rumores que circulam não são do meu agrado, escuto muita mentira. Segundo, não saio triste do Costa do Sol, pelo contrário, saio feliz porque em todas as competições em que participei consegui ganhar todas, menos os campeonatos. Foram duas taças, dois torneios de abertura e consagrei-me melhor guarda- -redes, começou por esclarecer.

Leia mais...

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão