MACUÁCUA LUTARÁ PELA MANUTENÇÃO COM COMBOIO NO COMANDO TÉCNICO

Por: César Langa
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de Arquivo

AAssociação Desportiva de Macuácua está de volta para o Moçambola, depois da desqualificação no final da edição de 2016, ano em que entrou, viu e não conseguiu ficar. Perdeu a manutenção, mas ganhou experiência, que Timóteo Fuel, patrono do clube, quer capitalizar, começando pela manutenção do treinador Artur Comboio, passando pela arrumação do plantel, sem quebrar a espinha dorsal, até à possibilidade de jogar no seu próprio campo.

O tempo de e para emoções pela conquista do Campeonato da Divisão de Honra ao nível da zona Sul já se foi. Agora é a hora e a vez de trabalho que, aliás, já vinha sendo feito, como a construção do complexo desportivo, que inclui o campo de futebol, ainda que tenha registado uma redução na sua velocidade, quando da descida do Moçambola.

Em conversa com o “Desafio”, Fuel manifesta a convicção de não mais falhar, como aconteceu em 2016, usando como fonte de inspiração a projecção meteórica da conectividade que, agora aos cinco anos de existência, já logrou atingir altos voos na esfera futebolística do país, feito cobiçado por muitos emblemas históricos deste país. Apesar de ser ele o “carregador de piano” para que a AD Macuácua seja o que é, Fuel não deixa de reconhecer o envolvimento de muitas outras pessoas, algumas anónimas e outras nem tanto.

Leia mais...