Ergam-se rapazes a luta continua!

Por: Raimundo Zandamela
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Fotos de F. Matsinhe

Antes de entrarmos para aquilo que foram as incidências deste jogo, é importante frisar que a ex-Suazilândia, actual eSwatini, já não é aquele habitual bombo de festa para nós, pelo menos no que ao futebol de formação diz respeito. A aposta na formação tem crescido a olhos vistos. Só para lembrar, este ano a selecção Sub-20 perdeu por 2-1 em partida de carácter particular inserida no quadro de preparação para o Campeonato Africano das Nações (CAN) da categoria que terá lugar no Egipto no próximo ano.

O mesmo não já não se pode dizer dos anos anteriores, em que ficávamos nos empates. Em 2016 Moçambique consentiu um empate (neste caso o segundo) diante da sua congénere da Suazilândia, depois de tê-lo feito em 2015 (0-0), quando a selecção estava sob orientação de Augusto Matine. Curiosamente, os dois conjuntos bateram-se num amistoso, preparando-se para o Torneio da Cosafa que deveria ter sido realizado na Zâmbia.

Outro dado curioso é que foi com o até então técnico (Mandla Dlamini) que a equipa suázi não deixou Moçambique sairse vitorioso no embate.

Leia mais...